Noticias

Mulher é enterrada viva e passa 10 horas em túmulo

Uma mulher de 36 anos foi encontrada presa em um túmulo no Cemitério Municipal de Visconde de Rio Branco, na zona da mata mineira, na terça-feira, 28. Segundo informações da polícia, ela passou pelo menos 10 horas dentro da sepultura. 

A vítima só foi salva após os coveiros acionarem a Polícia Militar. Os profissionais estranharam ao ouvir uma voz feminina gritando por socorro, vinda da gaveta funerária fechada com tijolo, cimento fresco e sinais de sangue.

A mulher foi retirada do cubículo fechado pelos policiais. Em depoimento à PM, ela disse que foi enterrada viva por vingança, porque extraviou drogas e armas de dois homens. Outra questão foi um desacerto referente a uma arma de fogo.

Ao saber que a mulher havia extraviado os entorpecentes que eles deixaram com ela, os homens teriam ido até a casa da mulher e começado a agredi-la. O companheiro da vítima, que também estava na residência, conseguiu escapar. Já a mulher acabou enterrada viva após ser espancada.

Os suspeitos já foram identificados pela polícia, mas continuam foragidos.

As informações são do Atarde.

Atenção, não somos responsáveis pelos comentários