Morre Mãe Isaura, uma das parteiras mais velha da Chapada Diamantina

52 / 100

Faleceu na sexta-feira (24/04/2020) Mãe Isaura aos 108 anos, considerada uma das parteiras mais velhas da Chapada Diamantina. Por ter feito um trabalho exemplar no distrito de Ubiraitá, no Município de Andaraí na Chapada Diamantina, Isaura foi homenageada ainda em vida com uma singela homenagem a Mulher que dá nome ao Posto de Saúde. O sepultamento ocorrerá neste sábado (25/04) no distrito de Ubiraitá, às 15:00hrs.

Isaura Teixeira Lima nasceu em fevereiro de 1912, segundo o seu registro, um período em que a seca amedrontava a região nordeste, em sua adolescência já se podia ouvir rumores relacionado ao final do cangaço.

No ano de 1957, mudou-se para o Distrito de Ubiraitá, época em que a produção de mamona estava em seu período áureo na região.

Neta de parteira, por coincidência do destino ou ossos do ofício ao chegar em Ubiraitá, uma mulher tinha entrado em trabalho de parto, quando Isaura tinha por volta dos 18 anos, momento em que realizou o seu primeiro parto. Através de suas mãos abençoadas começa a exercer o que seria o ofício de sua vida. Isaura Teixeira mãe de Rita, João, Maria, Terezinha, Pedro Jorge, Antônio , Manoel e Armando filhos da barriga. Mãe de Francisco, Ana, Augusto, Joana, e tantos outros que ela se tornou: A Mãe de Alma- chamada então: Mãe Isaura.

Assista o documentário de Ubiraitá, a homenagem a Mãe Isaura a partir dos 37 minutos do documentário. Na qual conseguimos algumas informações.

%d blogueiros gostam disto: