Val Marques visita homem que vive isolado nas serras da Chapada Diamantina a 36 anos

10 / 100

Vivendo isolado na natureza há trinta e seis anos nas serras do Parque Nacional da Chapada Diamantina Bahia, o eremita Astrogildo Santos teve uma grande reviravolta em sua vida depois de ser descoberto pelo guia “Feijão da Chapada” e ser personagem principal do filme Castelo Abandonado o segundo da trilogia da Chapada Diamantina dirigido por Felipe Carelle lançado no início do mês de abril de 2020.

Astrogildo Santos é natural do município de Andaraí na Chapada Diamantina. Desde os quinze anos de idade ele escolheu a serra da chapadinha que fica localizada no município de Itaetê também na Chapada para morar.

Para saber como Astrogildo Santos está vivendo depois da sua aparição no filme e como ele está lidando nesse momento de pandemia a Rádio Tropical FM de Itaetê através do Repórter Val Marques esteve no último domingo (16/05) no Castelo Abandonado e conversou com Astrogildo.

Vale salietar que toda a equipe da rádio foi testada contra a COVID-19 para que a visita fosse realizada.No bate papo sobre o filme Astrogildo Disse:• ” Eu continuo levando a minha vida simples como era antes, mais depois que eu mim vi dentro de um aparelho que mostra as pessoas, muita gente vem aqui conhecer a cachoeira encantada e passa aqui para mim visitar.”

• Em conversa com Astrogildo Val Marques o perguntou se ele tinha medo de ser infectado pelo o coronavírus.

• ”Quem está afetado com essa doença ou está em casa ou no hospital, só vem aqui quem tem força para subir as montanhas”.

• E para finalizar o bate papo com Astrogildo e pegar a trilha de volta o repórter Val Marques perguntou a Astrogildo se ele gosta de ouvir Rádio.•

” Eu quando era criança gostava de ouvir aquele homem que ficava dentro do rádio do meu avó que chamava Zé Beto (Zé Betio)”.

• No final da conversa Astrogildo Santos disse que no mato ele é patrão e na cidade ele é escravo da população.

%d blogueiros gostam disto: