Noticias

Major Eduardo Neves é agraciado com a Medalha da Aviação da Policial Militar da Bahia

O Major comandante da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe-Chapada), Maj PM CARLOS EDUARDO NEVES BRANDÃO, foi agraciado no dia 09/11/2023, com a medalha da Aviação Policial da Policial Militar da Bahia.

Imagem divulgação

Além da medalha da Aviação Policial, Major Eduardo Neves possui a Medalha por tempo de serviço – bronze/10 anos e prata/20 anos de serviços prestados, sendo também condecorado com a Medalha do Mérito Marechal Argolo pela PMBA; Medalha do Mérito de Trânsito da PMSE, Medalha do Mérito Bombeiro Militar do Corpo de Bombeiros Militares da Bahia e o Título de Amigo do 35º Batalhão de Infantaria do Exército Brasileiro.

Major Eduardo Neves, ingressou na Polícia Militar da Bahia em 20 de setembro de 1999, sendo promovido ao posto de 1º Tenente em dezembro de 2002. Foi promovido ao posto de Capitão pelo critério de merecimento em fevereiro de 2009 e de Major em fevereiro de 2021.

Durante sua trajetória profissional, já exerceu entre outras funções a de: comandante da 3ª Companhia em Araci; comandante de pelotão da CIPE Litoral Norte; comandante do extinto Tático Móvel em Feira de Santana; subcomandante da Rondesp Leste; subcomandante da 20ª CIPM, comandante da RONDESP/Chapada e por fim atual comandante da CIPE/Chapada.

Medalha da Aviação Policial Militar da Bahia

Criada pelo Decreto nº 20.912, de 26 de novembro de 2021, destina-se a agraciar as autoridades, instituições, personalidades civis e militares, brasileiras ou estrangeiras, que tenham contribuído para o fortalecimento da Aviação da Polícia Militar da Bahia e Sistema de Segurança Pública.

A medalha reconhece as qualidades morais e profissionais daqueles que prestaram relevantes serviços ao Estado da Bahia e ao Grupamento Aéreo da Polícia Militar baiana, bem como aqueles que se evidenciam no cumprimento do dever policial militar. A medalha também simboliza sabedoria e força.

Da redação seligachapada.

CURTA NOSSAS REDES SOCIAIS

  

Atenção, não somos responsáveis pelos comentários