Vulcão de Fogo não dá trégua na Guatemala

O número de mortos devido à erupção do Vulcão do Fogo, na Guatemala, subiu para 99 nesta quarta-feira (6), de acordo com boletim divulgado pelo Instituto Nacional de Ciências Forenses do país (Inacif).

O órgão está participando do processo de identificação das vítimas. De acordo com o documento, foram recebidos ao todo 24 novos cadáveres nesta quarta-feira.

O porta-voz da Coordenadoria Nacional para a Redução de Desastres (Conred) também atualizou o número de desaparecidos: mais cedo, a contagem estava em 192, e agora subiu para 197. Esse número pode ser reduzido, já que apenas 28 corpos foram identificados.

“Praticamente todos os desaparecidos estão identificados, suas idades e de que comunidade eram”, não os corpos recuperados, explicou, segundo a agência Deutsche Welle.

Nesta terça-feira (5), o trabalho de resgate foi interrompido por causa de uma nova explosão que lançou lava na parte sul do vulcão que fica a 3.763 metros de altura, situado a cerca de 50 km da capital, cidade da Guatemala. Mais de 1,7 milhão de pessoas foram afetadas pela erupção de domingo, considerada a mais forte desde 1974.

O aumento da atividade vulcânica provocou pânico na cidade de Escuintla, perto do vulcão, onde moradores entraram em seus automóveis para sair do lugar, provocando um caos no tráfego de veículos.

%d blogueiros gostam disto: