Vídeo em que soldados aparecem marchando em Salvador é de 2019

61 / 100

O vídeo que circula nas redes sociais sobre uma suposta operação do Exército Brasileiro no bairro do Cabula, em Salvador, não foi gravado nesta segunda-feira (9/3). A ação seria uma resposta à morte do soldado Fernando Guardiano, torturado por traficantes na localidade conhecida como Timbalada. O colega dele, que não teve o nome divulgado, também foi surpreendido pelos criminosos.

Imagem Reprodução

O Aratu On entrou em contato com fontes ligadas ao alto comando da corporação. Oficiais do 19º Batalhão de Caçadores (19 BC) – que fica sediado no Cabula – e do 6º Batalhão de Polícia do Exército (6º PE) garantiram que a ação gravada no vídeo foi realizada em 2019 e não foi operacional. Na verdade, os militares participavam de uma marcha de 16 quilômetros como parte dos treinamentos oficiais. Eles não disseram, porém, onde aconteceu.

Fonte Aratu ON

%d blogueiros gostam disto: