Noticias

Senadores baianos votam a favor de PEC que limita poderes do STF

Os três senadores da Bahia votaram a favor da PEC que limita as decisões do Supremo Tribunal Federal. A votação ocorreu na última quarta-feira (22/11), no Senado. Os representantes do estado na Casa são Jaques Wagner (PT), Otto Alencar (PSD) e Angelo Coronel (PSD).

A Proposta de Emenda à Constituição foi aprovada em dois turnos. Foram 52 votos a favor, e 18 votos contra nas duas votações.

A matéria tenta proibir decisões individuais de ministros que suspendam a eficácia de leis ou atos dos presidentes da República, da Câmara, do Senado e do Congresso. Agora, o texto vai para votação dos deputados.

Por se tratar de uma proposta que altera a Constituição, a proposta precisaria ser aprovada duas vezes no Senado e ter ao menos 49 votos (do total de 81 senadores).

Entre os partidos que foram contra a matéria, estão MDB, que compõe a base de apoio do governo, e o PT. E, neste sentido, há conflito entre e o partido e Wagner, líder do governo Lula no Senado.

Segundo o site O Antagonista, a escolha de Wagner criou desconforto dentro do partido. Nesta quinta-feira (23/11) pela manhã, o deputado Lindbergh Farias (PT-RJ), marido da presidente do PT, Gleisi Hoffmann, foi ao X – antigo Twitter – criticar o correligionário pela postura.

“Não consigo entender esse voto do Jaques Wagner??? No momento em que o bolsonarismo ataca o STF por causa do julgamento da tentativa de golpe de 8 de janeiro e pelo medo da prisão de Jair Bolsonaro pelo próprio Supremo. Chancelar essa manobra oportunista do Pacheco e Alcolumbre que querem fazer média com bolsonaristas é um erro. Parabéns aos senadores do PT e ao líder do governo no Congresso, Randolfe Rodrigues, que votaram contra esse absurdo”, disse Lindbergh.

CURTA NOSSAS REDES SOCIAIS

  

Atenção, não somos responsáveis pelos comentários