Mucugê - Ba

Reconhecimento de Placas ajuda a recuperar carro em Mucugê

Um carro modelo Prisma Joy, de placa DTB 3295, com restrição de furto e roubo, foi localizado por equipes da 42ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Lençóis) após passar por câmeras de monitoramento do Sistema de Reconhecimento de Placas da Secretaria da Segurança Pública (SSP), entre a segunda (3) e a terça-feira (4).

O veículo circulava pela BA 142, rodovia que liga o município de Mucugê ao de Barra da Estiva, quando a tecnologia captou imagens da placa veicular e alertou as equipes do Centro Integrado de Comunicações (Cicom) da pasta. Rapidamente as informações foram enviadas para guarnições da PM, que identificaram o veículo.

O carro estava estacionado nas proximidades do Posto Serra Verde, em um canteiro na região da Vila Agrícola, e foi conduzido até a Delegacia Territorial (DT) de Mucugê. Conforme a titular da unidade, delegada Veronice Santos da Silva, “o veículo segue apreendido na unidade e será enviado para a perícia. As investigações seguirão”.

Reconhecimento Facial

Ainda em Mucugê, na manhã da segunda, outro chamado alertou policiais da 42ª CIPM. Desta vez, o Sistema de Reconhecimento Facial apontou 95% de semelhança com as imagens disponibilizadas pelo Banco Nacional de Mandados de Prisão (BNMP) do Conselho Nacional de Justiça, que um homem, foragido da Justiça após não pagar pensão alimentícia, andava livremente pela cidade.

Ele foi encontrado e conduzido para a DT da cidade onde teve a ordem judicial cumprida. Ele ficou custodiado e foi liberado após apresentar documentação onde apresentava o pagamento das dívidas.

Já na capital baiana, um homem procurado pelo crime de roubo passou por outro ponto monitorado e foi encontrado após 92% de semelhança. Equipes da 11ª CIPM (Barra) ajudaram na identificação e condução do suspeito para a Coordenação de Polícia Interestadual (Polinter).

Na unidade da PC o mandado foi cumprido e ele segue à disposição da Justiça. Com as prisões, sobe para 762 o número de criminosos capturados com ajuda da tecnologia em todo o estado.

Fonte: Ascom/ Rafael Rodrigues

CURTA NOSSAS REDES SOCIAIS

  

Atenção, não somos responsáveis pelos comentários