PRF orienta gestores sobre transporte escolar na Região da Chapada Diamantina

51 / 100 SEO Score

A ação preventiva visa orientar e conscientizar motoristas e responsáveis pelo transporte escolar acerca das irregularidades recorrentes que a PRF flagra nas BRs, e que colocam em risco a segurança dos estudantes e demais usuários das rodovias.

Imagem divulgação – PRF BA

Na tarde desta quarta-feira (05), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou uma reunião para tratar da Operação “Volta às aulas 2020”, com o objetivo de orientar secretários de educação, gestores e representantes de motoristas de transporte escolar sobre as exigências previstas em Lei para o transporte de estudantes. O encontro aconteceu nas instalações da Delegacia PRF, em Seabra (BA).

Foram convidados a participar da reunião secretários de educação, gestores de frota e demais representantes que executam atividades ligados ao trânsito, principalmente no âmbito do transporte escolar. Além da PRF, estiveram presentes representantes dos municípios de Itaberaba, Ruy Barbosa, Boa Vista do Tupim, Lajedinho, Lençois, Palmeiras, Seabra e Ibitiara, todos localizados na Região da Chapada Diamantina.

O Chefe da Delegacia, Luciano Sousa e o PRF G.Lincoln, abordaram assuntos relacionados ao trânsito seguro e atitudes prudentes na condução de forma a prevenir e evitar acidentes. Foram elencadas também as principais infrações cometidas nesse tipo de transporte, no intuito de evitar transtornos para os gestores responsáveis pelos veículos como forma de garantir a segurança dos estudantes.

Luciano, também enfatizou que a PRF fará fiscalizações específicas com o objetivo de detectar eventuais irregularidades na prestação do serviço de transporte escolar e que as ações serão realizadas até o final do mês em todo o país.

O que prevê a legislação

O condutor de transporte escolar deve ter ao menos 21 anos de idade, ser habilitado nas categorias D ou E e possuir curso específico para esse tipo de serviço, realizado por instituição credenciada pelo Detran.

Imagem divulgação – PRF BA

Além da documentação regular, o veículo deve ter, entre outros itens, a autorização para o trânsito de transporte escolar afixada em local visível; faixa com a inscrição ‘escolar’ nas laterais e na traseira; registrador instantâneo de velocidade e tempo (tacógrafo); cinto de segurança em número igual à lotação do veículo e em perfeitas condições de uso; e pneus em bom estado de conservação.

%d blogueiros gostam disto: