PRF em alerta com a represa do Riacho do Feijão às margens da BR-242

A Polícia Rodoviária Federal solicitou à Defesa Civil de Itaberaba um parecer sobre as condições do trecho da BR-242 que margeia a represa do Riacho do Feijão.

A preocupação do órgão é o possível afundamento da rodovia e a queda de dois postes de energia que estão visivelmente pendentes – o risco de queda foi validado pelos técnicos da Coelba que estiveram no local.


Na visita técnica, foram detectadas erosões nas margens da rodovia, principalmente no acostamento à beira da ponte do Riacho.

O grande volume de água, apesar do sangradouro, está atingindo a base da rodovia, o que pode comprometer a estrutura da pista.

Os inspetores da PRF sinalizaram o local para evitar que os motoristas transitem muito próximo ao acostamento e encaminharam as informações apuradas ao DNIT.

Como ainda há previsão de chuva para noite desse domingo (28), agora é observar o volume das águas para decidir se haverá interdição dessa via.

Nas fortes chuvas do início de novembro, a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente junto com a Defesa Civil solicitou parecer técnico a uma empresa especializada que fez vistoria técnica no local.

Os técnicos dessa empresa solicitaram exames mais específicos, com aparelhamento apropriado para avaliar se há risco de rompimento da represa. Mas deixou claro que as atividades no local deverão ser suspensas.

Os proprietários do empreendimento do entorno da represa foram devidamente notificados. A Defesa Civil de Itaberaba segue acompanhando o caso.

Com informações da Secom Itaberaba

Kleber Medrado

Kleber Medrado é Jornalista com registro profissional 0006598/BA, editor Chefe do SeLigaChapada.com.br Desde 2013 trazendo informações da região Chapadeira para o mundo.

%d blogueiros gostam disto: