Prefeito de Itaberaba suspende concurso por indício de fraudes

Um concurso da prefeitura de Itaberaba, no Piemonte do Paraguaçu, foi suspenso por prazo indeterminado pelo prefeito Ricardo Mascarenhas (PSD). O certame tinha sido aberto pelo antecessor dele e tio, João Filho (PP), no ano passado. Publicada no Diário Oficial do Município, nesta quarta-feira (18), a medida levou em conta um relatório da Controladoria Geral da prefeitura e uma ação civil pública movida pelo Ministério Público do Estado. Entre os indícios de irregularidades apontados no certame, figura acusações contra a empresa responsável pelo concurso [Orgal – Consultoria Organizacional e Contábil e Administrativa]. A companhia teria cometido fraudes em outras cidades, além de usar plágio de questões, incluindo perguntas e respostas, de outras provas extraídas na internet. Um item do relatório aponta que na parte de Atualidades foi usada uma informação de 18 anos atrás. Quando em vigor, o concurso tinha aprovado 130 candidatos, de um total de 8 mil inscritos. A prefeitura também abriu um processo administrativo contra a empresa que fez o concurso e determinou a apuração de irregularidades no descumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), cometidas pelo ex-prefeito João Filho.

Informações Ruy Barbosa Noticias.

%d blogueiros gostam disto: