Número de casos de chikungunya registra crescimento na Bahia

Em toda a Bahia, houve aumento de 544% no número de casos de chikungunya em relação ao mesmo período do ano passado. As cidades do interior com mais registros são: Feira de Santana (677), Nova Fátima (73), Esplanada (61), Irará (53) e Santo Amaro (50).

Salvador registrou aumento de 740% no número de casos de chikungunya nos três primeiros meses de 2020. De acordo com dados da Secretaria de Saúde da cidade, de 1º de janeiro até 13 de abril de 2019, a capital baiana contabilizou 217 casos. No mesmo período deste ano, 1.606 pessoas foram infectadas pelo mosquito Aedes aegypti.

É muito importante a conscientização de cada um,  a limpeza dos quintais,  virar a as garrafas, olhar os pneus, enfim fiscalizar geral. Se cada um fizer a sua parte o número vai cair.

Se Liga Chapada com informações do G1-BA

%d blogueiros gostam disto: