No interior da Bahia coveiros se recusam a sepultar idosa com medo da Covid-19, agentes funerários fizeram o serviço

O fato ocorreu a cidade de Canudos, mais precisamente no Povoado Rosário, zona rural do Município.

A funerária Pax Monte Sinai foi acionada para prestar um atendimento funerário de uma senhora de 81 anos moradora da localidade, que havia falecido em Salvador no hospital Geral Roberto Santos vítima da Covid-19, como o sepultamento tinha que ser imediato segundo as normas impostas pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia, os coveiros fizeram a abertura parcial da sepultura, por conta talvez do medo da covid-19 não permanceram no local para auxiliar no sepultamento e fechar a sepultura.

Os agentes funerários que são verdadeiros heróis, porém muitas vezes são desprezados pela sociedade no cumprimento do seu trabalho, não fugiram da luta, executaram o sepultamento sozinhos e fizeram a tarefa que não era de sua obrigação.

O presidente do Sindicato das funerárias da Bahia, o Sr. Carlos Brandão, parabenizou o ato humano dos profissionais em sua página oficial e disse que fará uma homenagem formal aos agentes da funeraria que neste dia representam os agentes Funerários de todo o Brasil.

O presidente ainda disse: “Nesta madrugada foram os Heróis da Pax Monte Sinai da cidade de Euclides da Cunha-BA, mas todos os dias são inúmeros heróis anônimos, também em nosso setor não é diferente, os profissionais da saúde merecem ser reconhecidos, pois eles ajudam a Salvar vidas, porém o agente funerário ajuda a salvar memórias e garantir a última homenagem digna“.

%d blogueiros gostam disto: