Justiça decreta prisão de cigano que matou comerciante em Ubatã

51 / 100 SEO Score

A Justiça de Ubatã decretou, nesta segunda-feira (16), a prisão preventiva do cigano Laércio da Costa Dantas, de 37 anos. O despacho, que atende pedido da Polícia Civil e do Ministério Público, foi assinado pelo Juiz César Augusto Carvalho de Figueiredo. Laércio é acusado de matar o comerciante Danilo Ribeiro Moraes, de 23 anos. O jovem foi alvejado por quatro tiros de pistola calibre 380 no último dia 08 de dezembro num bar localizado no bairro São Raimundo. Segundo testemunhas, Danilo teria esbarrado no cigano, pedido desculpas, mas o cigano não aceitou.

Cigano Laércio é acusado de ser o autor do homicídio

Momento depois, com arma em punho, o criminoso se aproximou da vítima e deflagrou os disparos. Ainda de acordo com testemunhas, Laércio foi impedido por um homem não identificado de continuar atirando. Danilo ainda chegou a ser socorrido ao Hospital de Ubatã, transferido para o Hospital de Base, em Itabuna, onde passou por duas cirurgias, mas acabou falecendo no Hospital Costa do Cacau, em Ilhéus. O mandado de prisão pode ser cumprido a qualquer momento.

Danilo morreu no hospital

*As informações são do Ubatã Notícias

%d blogueiros gostam disto: