Idoso morre carbonizado após esquecer panela no fogo

Um idoso morreu carbonizado dentro da própria casa na Federação. O aposentado Luiz Bitencourt, de 76 anos, estava acompanhado apenas do seu fiel companheiro, um cachorro, que não o abandonou até os seus últimos minutos de vida. O homem morava sozinho numa pequena casa na Avenida Cardeal da Silva, próximo à Escola Gurilândia em Salvador.

Segundo relato de vizinhos, ele estava cozinhando, por volta das 20h da terça-feira, dia 15 de outubro de 2019 , e acabou cochilando no sofá da sala com a panela no fogo. O Corpo de Bombeiros foi acionado e chegou ao local por volta das 20h30, mas já encontrou o idoso sem vida na sala. De acordo com o pintor Armando Marques, 50, vizinho da vítima, ao ouvir os latidos do cão, ele decidiu verificar se havia algum problema na casa de seu Luiz.

Ao chegar no local e perceber que havia uma fumaça forte e os latidos desesperados do cachorro, ele pediu a ajuda de um amigo para socorrer o idoso. No entanto, ao perceber que a porta estava trancada por uma corrente e um cadeado pelo lado de dentro, não pensou duas vezes e decidiu derrubar a porta.

A tentativa não foi suficiente para salvar a vida do vizinho, que ainda tentou abrir a porta, sem sucesso. “Eu ouvi o cachorro dele latir, não tinha visto a fumaça ainda. Fui ver se estava acontecendo algo. Chamei um colega e arrombamos a porta, mas ele já estava caído, queimando. Se ele corresse para o quarto, igual ao cachorro, tinha sobrevivido”, contou o pintor.

O animal de estimação do idoso foi resgatado e está sob cuidados do vizinho até que uma ONG possa resgatá-lo.

Fonte Correio24horas

error: Conteúdo bloqueado...
%d blogueiros gostam disto: