Mundo

Homem é preso após matar mais de mil galinhas de vizinho

Um homem foi condenado a seis meses de prisão e um ano de liberdade condicional por matar mais de 1100 galinhas de seu vizinho. O caso ocorreu na província de Hunan, no centro da China, segundo informações do jornal EpochTimes.

Conforme o tribunal do condado de Hengyang, os conflitos teriam começado após o vizinho, identificado como Zhong, ter cortado uma árvore do terreno de Gu sem sua aprovação.

Com vingança, Gu entrou sorrateiramente no galinheiro de Zhong durante a madrugada e ligou uma lanterna na direção das aves do vizinho enquanto elas dormiam. Assustados, os animais correram e se aglomeraram em um único local, causando a morte de 500 deles por esmagamento ou confusão.

Gu foi punido pela polícia com uma multa indenizatória de 3 mil yuans (cerca R$ 2,2 mil), entretanto, ele ainda assim retornou na noite seguinte, assassinando mais 640 aves.

A indenização total foi elevada para 13.840 yuans (cerca de R$10 mil), e Gu foi preso.

CURTA NOSSAS REDES SOCIAIS

  

Atenção, não somos responsáveis pelos comentários