Governo do Estado realiza reunião de alinhamento do Programa Bahia Sem Fogo

Aconteceu nesta terça-feira (1), a 15ª Reunião do Grupo de Trabalho do Programa Bahia Sem Fogo, coordenado pela Secretaria do Meio Ambiente (Sema). O encontro teve como objetivo alinhar e planejar medidas para operações administrativas e de campo relacionadas às queimadas e incêndios florestais no estado da Bahia, que devem ter uma incidência maior nos próximos meses, principalmente nas regiões Oeste e Chapada Diamantina.

Além do alinhamento das ações, a reunião também serviu para analisar toda a situação relacionada ao programa, como os processos de aquisições e de licitações que estão em andamento para as compras de Equipamentos de Proteção Indivíduo (EPI) e Equipamento de Proteção Coletiva (EPC); contratação de aeronaves e todo apoio logístico. Os técnicos apresentaram ainda um panorama da atual situação do Oeste da Bahia, principalmente nas cidades de Barreiras, Buritirama, Luís Eduardo Magalhães e Correntina e fizeram um planejamento integrado das próximas ações a serem desenvolvidas na região da Chapada.

Segundo o diretor de Políticas para Biodiversidade e Florestas da Sema, Maurício Galvão esses encontros visam, principalmente, estreitar o alinhamento entre os órgãos envolvidos. “Estamos vivendo um momento crítico de incêndios florestais no estado da Bahia, principalmente na região Oeste. É necessário esse diálogo para fazermos uma análise. O interessante é que apreendemos com cada órgão. É uma troca de experiência que enriquece as políticas públicas, o Programa Bahia Sem Fogo e as ações estaduais para que possamos oferecer um bom serviço à população”, avaliou.

O tenente BM Álvaro Serrão, presente no encontro, reforçou sobre a necessidade do trabalho em conjunto entre os órgãos envolvidos antes mesmo que os incêndios aconteçam. “O Corpo de Bombeiros vem atuando com a integração de grupos de trabalho junto com a Sema, Inema e Defesa Civil. O Programa Bahia Sem fogo mostra que com o passar dos anos a resposta dada sobre os incêndios florestais têm se aprimorado não apenas no momento em que ocorre o incêndio, mas também na prevenção e isso faz com que o Estado seja mais eficaz em meio às queimadas”, explica.
Marcaram presença na reunião o diretor-superintendente da Defesa Civil, Paulo Sergio e representantes do Inema, da Secretaria de Segurança Pública (SSP), Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (CBMBA) e da Companhia da Policia Militar da Bahia (CPMBA).

Bahia Sem Fogo – As ações de prevenção e combate aos incêndios florestais na Bahia se tornaram mais efetivas a partir de 2010, com a criação do Bahia Sem Fogo, que é coordenado pela Sema e integra e coordena o Comitê Estadual de Prevenção e Combate a Incêndios Florestais da Bahia, formado por representantes de secretarias estaduais, instituições municipais e federais, entre elas: Inema; Casa Militar do Governador; Segurança Pública (SSP); Saúde (Sesab); Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS); Educação; Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura (Seagri); Turismo (Setur); a Superintendência de Proteção e Defesa Civil (SUDEC); e Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (CBMBA).

O Bahia Sem Fogo atua na prevenção às queimadas, promovendo cursos para formação de peritos, treinamento de brigadistas, reuniões e oficinas com as comunidades rurais, campanhas de prevenção, sensibilização e educação ambiental e a organização de subcomitês.

error: Conteúdo bloqueado...
%d blogueiros gostam disto: