Estado de São Paulo confirma primeira morte no Brasil por coronavírus

67 / 100 SEO Score

O Governo do Estado de São Paulo confirmou nesta terça-feira, 17, a primeira morte em decorrência de Covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus.

A man wearing a mask to prevent the coronavirus is reflected in the mirrors, in Seoul, South Korea, February 24, 2020. REUTERS/Heo Ran

Trata-se de um homem de 62 anos.

A secretaria de Estado de Saúde de São Paulo fará uma coletiva às 13h para dar mais informações sobre o caso. Participam da reunião o secretário de Saúde, José Henrique Germann, e o coordenador do Centro de Contingência de Coronavírus, David Uip.

De acordo com o Ministério da Saúde, são 234 diagnósticos positivos da doença, 152 deles em São Paulo, região onde há maior concentração de pessoas infectadas.

Plano em São Paulo

O prefeito da cidade de São Paulo, Bruno Covas, decretou também nesta terça-feira, 17, situação de emergência para barrar a propagação do vírus. Entre as medidas, há a suspensão do rodízio de veículos e de eventos privados, caso de shows, encontros culturais, corridas de rua e outras atividades que aglomerem pessoas.

A determinação ainda diz que a frota de ônibus paulistana deve ser higienizada várias vezes ao dia e que os terminais de ônibus disponibilizem álcool em gel para que motoristas e cobradores usem ao fim de cada viagem.

Para os servidores da capital, o decreto determina que pessoas que sejam infectados pelo coronavírus saiam de licença e também que aqueles que voltaram do exterior recentemente, mulheres grávidas ou na fase de amamentação, idosos acima de 60 anos e pessoas com doenças ou outra condição que aumente o risco de sintomas trabalhem de forma remota – home office.

As informações são do VEJA ABRIL

%d blogueiros gostam disto: