Seabra - Ba

Dois condutores alcoolizados foram apreendidos pela PRF na BR 242, em Seabra e Luís Eduardo Magalhães

Policiais Rodoviários Federais prenderam dois homens, um de 58 anos e o outro de 38 anos, por dirigir alcoolizado. As prisões aconteceram nas cidades de Luís Eduardo Magalhães e Seabra, durante a Operação Nossa Senhora Aparecida.

Imagem reprodução – PRF-BA

No dia 13, por volta das 13h30min,, uma equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em atendimento a um acidente de trânsito no km 894.0 da BR 242, no município de Luís Eduardo Magalhães/BA, foi informada por diversos usuários da rodovia sobre a conduta perigosa de um caminhão de cor branca, identificado com inscrições de uma certa empresa. O veículo estava deslocando-se de forma perigosa, colocando em risco outros usuários da estrada e gerando a possibilidade de um acidente iminente.

Imediatamente, a equipe de PRF visualizou um veículo correspondendo à descrição e tentou, por meio de sinais visuais e sonoros, ordenar a parada para fiscalização. No entanto, o condutor do caminhão desobedeceu integralmente à ordem e acelerou bruscamente, tentando fugir da equipe PRF. Iniciou-se, então, um acompanhamento tático para imobilizar o veículo e garantir a segurança viária.

Após cerca de 2 km de acompanhamento tático e inúmeras tentativas de imobilização, o condutor finalmente parou na faixa principal de tráfego no sentido decrescente da rodovia. O condutor foi identificado e apresentava sinais visíveis de embriaguez. Ele concordou em se submeter ao teste de alcoolemia, que revelou um teor de 0.85 mg/L (miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões), configurando crime de trânsito.

Diante do estado de embriaguez do condutor, ele foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil em Luís Eduardo Magalhães (BA) para os procedimentos legais cabíveis.

Na madrugada de ontem (14), por volta das 02h30min, uma equipe da PRF realizava ronda no km 428 da BR 242, no município de Seabra (BA), quando se deparou com uma situação preocupante.

Um condutor de uma motocicleta estava transitando pela contramão de direção. Ao ser abordado, os policiais notaram algumas lesões no condutor e sinais evidentes de embriaguez.

Diante das suspeitas de embriaguez, ele foi submetido a um exame de alcoolemia, que apontou um teor de 0.93 mg/L  (miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões), configurando crime de trânsito. Além disso, o condutor não possuía Carteira Nacional de Habilitação (CNH), o que o levou a incorrer no crime de dirigir um veículo em via pública sem a devida permissão, habilitação ou em caso de cassação do direito de dirigir, gerando perigo de dano.

O autor foi conduzido à Polícia Civil de Seabra, onde serão realizados os procedimentos legais cabíveis. 

Quem bebe e dirige coloca em risco não só sua própria segurança, mas também a dos passageiros e a de terceiros.Dirigir sob o efeito do álcool reduz a capacidade de reação do motorista, colocando em risco a segurança de todos os usuários das rodovias. É preciso que toda a sociedade se conscientize de que beber e dirigir são atividades incompatíveis.

CURTA NOSSAS REDES SOCIAIS

  

Atenção, não somos responsáveis pelos comentários