DHPP prende homem apontado como autor da morte do estudante Max Santos em escola de Salvador

Um homem apontado como autor da morte do estudante Max Santos de Oliveira, de 18 anos, ocorrida na sexta-feira (11), no Colégio Estadual Aliomar Baleeiro, em Pernambués, teve o mandado de prisão temporária cumprido nesta segunda-feira (14).

O suspeito, de 19 anos, foi localizado no bairro de São Gonçalo, por equipes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). “Tão logo tomamos conhecimento do crime, empreendemos diversas diligências para identificar o autor”, ressaltou o coordenador da 2ª Delegacia de Homicídios (DH/Central), delegado José Mário da Silva Mota, responsável pelas investigações.

De acordo com o delegado, o homem, que era primo da vítima e já estudou naquela escola, usou da condição de ex-aluno utilizando a farda para ter acesso ao colégio. “Ele aguardou a saída da vítima até o estacionamento, onde efetuou os disparos e fugiu em seguida”, acrescentou José Mário.

A motivação está relacionada com a disputa pelo tráfico de drogas em Pernambués. Com o cumprimento da ordem judicial, o homem vai passar por exames de lesão corporal e ficará à disposição do Poder Judiciário. “Seguimos com as diligências para localizar a arma usada no crime”, informou o coordenador da 2ª DH/Central.

Kleber Medrado

Kleber Medrado é Jornalista com registro profissional 0006598/BA, editor Chefe do SeLigaChapada.com.brDesde 2013 trazendo informações da região Chapadeira para o mundo.

%d blogueiros gostam disto: