Áudio atribuído ao repórter cinematográfico Gilmar Vasconcelos é falso; família e amigos lamentam

É falso um áudio atribuído ao repórter cinematográfico da TV Aratu, Gilmar Vasconcelos, que tem circulado nas redes sociais e WhatsApp nesta quinta-feira (18/3). Gil, como era carinhosamente chamado, foi tratado com todos os cuidados no hospital Santa Isabel, e não na unidade citada na gravação.

A família de Gilmar e o Grupo Aratu lamentam que, em um momento “tão difícil de dor e de luto, a memória dele ainda seja usada para fake news”.

As informações são do Aratu Online

%d blogueiros gostam disto: