Ao vivo da Rússia, repórter da Globo assume que é gay

Não há dúvidas de que a Rússia é um dos países com mais restrições aos direitos da comunidade LBGTQ. Por isso, a atitude do correspondente da GloboNews Sandro Fernandes demonstrou coragem. Durante uma transmissão ao vivo direto do país da Copa, o repórter falou abertamente sobre sua sexualidade, saindo do armário para todo o Brasil.

“Vou continuar aqui trabalhando com a camisa do Brasil por baixo. Sexta-feira [6/7] tem Brasil e Bélgica!”, começou, até fazer a revelação inesperada: “Agora, vou contar um segredo pra vocês. Tenho um namorado belga. Mas, apesar do coração apaixonado por um belga, continuo torcendo pelo Brasil!”, disparou o jornalista.

Imagem reprodução – Metrópoles

O clima foi tão descontraído que permitiu ainda uma brincadeira entre Aguiar e Catanhêde. “Será que vai ter crise de relacionamento? Que situação tensa, hein, Eliane?”, disse ele. Ao que ela respondeu: “Deve ser complicado mesmo! Legal que ele continuou torcendo pelo Brasil!
Sandro se une à Fernanda Gentil, Nádia Bochi, a Pedro Figueiredo e Erick Rianelli como parte da equipe global que, de modo corajoso e exemplar, falam de forma aberta sobre a própria sexualidade em um país que, por lei, impede pessoas do mesmo sexo demonstrarem afeto publicamente.

Leia na íntegra no Metrópoles, clique aqui.

%d blogueiros gostam disto: