Agricultura familiar baiana vai contar com 422 agroindústrias até 2022

O processo de agroindustrialização do que é produzido pela agricultura familiar da Bahia, promovido pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), vem transformando o rural baiano. Até 2022, serão 422 agroindústrias em funcionamento no estado. O resultado é mais alimentos na mesa dos baianos, mais inclusão produtiva, mais renda, mais oportunidades para agricultores e mais recursos circulando na economia dos municípios.

Imagem ilustrativa

Para permitir o beneficiamento, a transformação, o surgimento de novos produtos e agregar valor à produção primária dos agricultores familiares, nos últimos cinco anos, por meio da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa vinculada à SDR, estão sendo aplicados mais de R$ 250 milhões nessa estratégia, beneficiando aproximadamente 35 mil famílias.

Nesta quinta-feira (29), a partir das 9h, mais uma agroindústria será inaugurada pelo governador Rui Costa*. Desta vez, será a agroindústria da Cooperativa Agroindustrial Vale do Paraíso (Cooperparaíso) localizada na zona rural do município de Sobradinho, Território de Identidade Sertão do São Francisco. A cooperativa se destaca no mercado orgânico com a produção de acerola, com a produção de 200 hectares da fruta, mas as acerolas até agora eram comercializadas in natura.

A agroindústria tem capacidade de processamento de 2 mil toneladas de polpa por ano. Os investimentos na Cooperparaíso são feitos pela CAR, que executa os projetos Bahia Produtiva e Pró-Semiárido, e beneficiará diretamente 169 famílias vinculadas à organização.

Kleber Medrado

Kleber Medrado é Jornalista com base na Decisão do STF 511.961, na qual já exerce a profissão oficialmente desde 09/12/2013, quando criou o site SeLigaChapada.com.brSão anos de experiencia e reconhecimento em toda região onde o site tem cobertura de forma oficial.

%d blogueiros gostam disto: