Conheça um pouco sobre a cidade de Ibiquera – Bahia, por Kleber Medrado

0

Nascida no entorno da Chapada Diamantina quando desbravadores foram para a região em busca pedras preciosas e ouro, Ibiquera, que também já foi chamada Olho D’Água do Cedro, quando fazia parte do município de Itaberaba, passou a ser distrito por força da Lei Estadual 8570, de 29 de julho de 1933.

Pela Lei estadual nº. 1.036, de 20 de agosto de 1958 o Município de Ibiquera foi criado, com território desmembrado do município de Itaberaba, sendo instalado em 7 de abril de 1959. Portanto a data de 20 de agosto é considerada aniversário da cidade e todos os anos tem se feito as homenagens as 5:00hrs da manhã com a tradicional alvorada com cunho religioso da igreja católica onde sempre após a volta na cidade acontece a missa na igreja católica situada a praça São José, no centro comercial da cidade.

O município de Ibiquera possui uma área de 1.010,776km², localiza-se na mesorregião Centro Norte baiano e na microrregião Itaberaba. O Município fica a 277 km² de Salvador e tem 4.865habitantes – IBGE 2010.

A criação de bovinos, aves, suínos e a cultura da roça são destaques na economia do Município e tem se mantido mesmo com as constantes secas (falta de chuvas) nos últimos anos. Há quem o diga que Ibiquera já teve grandes temporadas de inverno e os tradicionais ”comboeiros” do mês de setembro na qual se plantava no pó e tinha colheita garantida.

O Município é repleto de belezas naturais como a gruta da Lapinha às margens da Br-242. Ibiquera já foi considerada uma das cidades que mais atraíam turistas e pés de valsas com as tradicionais festas juninas, no padroeiro da cidade São José geralmente comemorado nas proximidades do carnaval e a tradição das caretas que tem se mantido, mesmo com os tempos atuais em que colocar uma máscara não significa mais só alegria e diversão e sim preocupação, além disso hoje a maior festa do município tem sido a Festa do Vaqueiro, na qual honra o caboclo da zona rural que enfrenta sol e chuva na luta pra conseguir o pão de cada dia além da carne saudável na sua mesa e suas mais atraentes manifestações culturais.


Ibiquera é a cidade que o turista e demais pessoas fazem questão de visitar, pela paz, a cidade dos sonhos de qualquer aposentado, afinal, quem não gosta de ficar nos fins de tarde jogando um dominó com os amigos, se divertindo com o tradicional jogo de buraco enfim.

Arquivo pessoal, amizade e bate papo

Ibiquera ainda é palco de muitas risadas em rodas de amigos, casos de assombração, como o cavaleiro sem cabeça que ainda hoje algumas pessoas dizem ouvir pelas ruas da cidade, os causos do lobisomem da rua da valeta, em meio a essa e outras tradições e lendas a nossa pequena e pacata cidade tem sido berço de grandes homens, gente do interior que tem lutado para viver aqui, mesmo sabendo que a renda familiar é baixa mas insiste em dizer que ama Ibiquera. Falando em amar Ibiquera a adaptação da música dos artistas César Menotti & Fabiano – Lugar melhor que BH, adaptada pela professora Iraci Ramos junto comigo (Kleber Medrado) tem basicamente se tornado o hino oficial da cidade, claro sem desmerecer o Hiberlúcio Souza que compôs o hino oficial, mais a música é tão emocionante que já virou tradição tocar o hino oficial e o semi-oficial.

Há! sem esquecer que existe um ditado popular que diz: Quem beber da água da bomba não vai mais embora de Ibiquera, pra quem não sabe à aqui mencionada bomba é hoje um dos afluentes do olho d’água do cedro, que prevalece com sua bravura e força a mais de 59 anos jorrando água, mesmo em meio a nenhuma obra de revitalização e preservação, isso mostra o quão é tão forte a natureza.

Este ano de 2017 comemoramos o 59° aniversário de emancipação política do município, mais a sua beleza, esplendor e maravilhas geológicas estão longe de serem descobertas, há conversas não oficiais de que o município tem muita riqueza mineral, claro não sabemos ao certo o que é mas já sabemos que tem calcário, há rumores de geólogos de que um tesouro ainda será descoberto no território de Ibiquera, afinal moramos no entorno das jazidas de diamantes, ouro e demais pedras preciosas, onde a muitos anos já foi mar e tudo pode ser possível.

Estas informações foram frutos de estudos realizados por mim, blogueiro e amante do município de Ibiquera, nascido em Ruy Barbosa por não ter suporte na época para nascer aqui no município, mas filho de Ibiquera, entusiasta e admirador da pequena cidade de Ibiquera.

Por Kleber Medrado em 07-08-2017

Ouça a música de Ibiquera

Acervo do Município de Ibiquera

Este slideshow necessita de JavaScript.

Comentários

Clique aqui para comentar sobre esta informação

Share.

About Author

Leave A Reply